sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Os Arcanjos e os Elementais


Os Arcanjos e os Elementais

Cada Arcanjo que domina sobre um elemento é acompanhado por seu magistellus pessoal, ou servo elemental na forma de um dos poderosos Reis elementais.
Seus nomes são:

- Djinn – Rei das Salamandras, Elemento Fogo

- Paralda, Rei dos Elfos, Elemento Ar

- Ghob, Rei dos gnomos, Elemento Terra

- Niksa, Rei dos tritões e ondinas, Elemento Água


Na magia Egípcia estes reis eram simbolizados pelos filhos do Deus-Falcão Horus.
Eles são:

- Tumathf, um chacal, guardião do Fogo
Amechet, um jovem que governa o Ar
Ahefi, um babuíno que governa a Terra

Quebexnuf, Senhor da Águas, um falcão

TarotNo Tarô há outra representação, no Arcano “O Mundo”, e nos reis dos naipes: Espadas, Ouros, Copas e Paus.
Os Reis poderão ser visualizados na forma Egípcia, ou do Tarô, ou nas visualizações tradicionais dadas a seguir, conforme a pessoa sinta maior ressonância com uma ou outra imagem.
Djinn é um gigante de fogo, como descrito em algumas lendas nórdicas; seu corpo esbelto é formado por chamas vivas retorcendo-se, e de seus olhos oblíquos saem faíscas e lampejos.
Ele ergue-se atrás de Miguel, sob seu domínio, aceso com seu próprio poder elemental.
Mesmo que a forma real do Arcanjo Miguel e de seu servidor Djinn não seja esta, é verdade que os espíritos angélicos e elementais aparecem ao clarividente sob as formas de que os homens os revestiram.
Rei Elemental Djin
Estas descrições de fato são imagens arquetípicas projetadas por séculos de magia, por causa das idéias dos magos sobre os atributos dessas criaturas do astral.
Paralda é uma figura delgada, que se contorce, parecendo feito de neblina azul; sua forma é tênue e indefinida, sempre movendo-se, sempre mudando de forma, flutua ao redor de seu Senhor, o Arcanjo Rafael.
Ghob, é o Rei da Terra, e mostra-se solidamente. É atarracado, pesado e denso; aparece na imagem tradicional do gnomo, ou “goblin”, transparecendo idade avançada, força animal e uma grande sensação de “peso” intrínseco.
Rei Elemental Gob

Niksa, é o Governador da Água; e como o Rei do Ar, sempre está mudando de forma.
Sua aura azul-esverdeada flui por todos os lados, com reflexos prateados e tentáculos de energia cinzenta.

Existem duas regras básicas a seguir para trabalhar com os Reis Elementais:
1) Sempre invocá-los imaginando Arcanjo correspondente na frente do Rey.
2) Jamais invocar os quatro Reis juntos no mesmo ritual.
Visualização dos Arcanjos
Deve imaginar as imagem erguendo-se á sua frente:
Arcanjo Miguel
Miguel, como um guerreiro antigo, numa armadura de ouro; visualizar bem o saiote de chapa metálica, a mão direita sobre a empunhadura de uma grande espada, a esquerda escondida atrás de um escudo redondo.
Os cabelos escorrem para trás de sua cabeça como ouro líquido e olhos de âmbar, penetrantes e faiscantes.
O Rei elemental sob seu domínio é Djinn.
Rafael, numa visão astral, veste-se como um viajante, com uma túnica amarela e um chapéu de abas largas, sandálias aladas, e um bordão com duas serpentes enroladas, símbolo arcaico da medicina.
Era conhecido pelos gregos como Hermes; pelos romanos como Mercúrio; pelos egípcios como Tehuti (Thoth), e pelos celtas como Merlin.
O Rei Elemental sob seu domínio é Paralda.
Arcanjo Uriel
Auriel é o Arcanjo da Terra, de rosto moreno, e do planeta Urano; usualmente aparece como um homem maduro de rosto severo, longos cabelos prateados e olhos violeta.
Usa uma túnica irisada, como a túnica multicolorida de José, na Bíblia; Literalmente resplandece com as cores do arco-iris e no brilho de sua aura, e na sua testa, entre os olhos, o símbolo de Urano.
O Rei Elemental sob seu domínio é Ghob.
Arcanjos
Gabriel é o Arcanjo da Lua; aparece como um jovem com um rosto que evoca sabedoria e brilha com uma Luz interior.
Tem sobre a testa os cornos da Lua Crescente, voltados para cima, cobrindo o sexto chakra, ou terceiro olho, vestido de uma túnica com reflexos de madrepérola, ou cristal.
O Rei Elemental sob seu domínio é Niksa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário